Dexter Latina

Dexter Latina

Produto com tecnologia inédita é forte aliado na luta contra a dengue

Publicado em 30 de outubro de 2015

Desenvolvido pela Dexter Latina, indústria química do Paraná, Straik Mata-larvas é o único larvicida vendido em supermercado com eficiência para exterminar o Aedes aegypti, causador da dengue, chikungunya e zika

 

release

 

A chegada da primavera, com chuvas mais frequentes e intensas nas regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste, acende um alerta para a necessidade de se intensificar medidas de prevenção contra a dengue. A doença já matou mais de 600 brasileiros só neste ano, 57% a mais do que os óbitos registrados pelo Ministério da Saúde no mesmo período de 2014. Até agosto, 1,1 mil casos de dengue grave e outros 15 mil com sinal de alarme haviam sido confirmados no Brasil, quase o dobro do ano anterior.

Neste cenário de alerta é que chega ao mercado brasileiro um forte aliado no combate ao Aedes aegypti, o Straik Mata-larvas. Único no País com tecnologia microencapsulada, agindo de forma eficaz e ininterrupta por até 60 dias, o produto desenvolvido pela Dexter Latina, indústria química do Paraná que atua no mercado de inseticidas desde a década de 90, promete cortar o mal pela raiz.

Isso porque o Straik Mata-larvas atua na fase de crescimento do inseto (causador da dengue e das febres zika e chikungunya, a última com mais de 3,5 mil casos confirmados neste ano), prolongando o período larval, o que impede o desenvolvimento do mosquito. Como age somente contra insetos, possui baixa toxidade, podendo ser aplicado em piscinas ou caixas de água.

“É o único larvicida que pode ser vendido em supermercado, para o consumidor final”, destaca Milton Braida, engenheiro agrônomo e diretor de Pesquisa e Desenvolvimento da Dexter Latina. Segundo ele, a vantagem do produto é a versatilidade, já que o desenvolvimento do mosquito é um processo dinâmico.

“Os agentes de endemias que visitam as casas, por vezes, aplicam larvicidas. Mas, digamos que eles foram ontem na sua casa e hoje cai uma chuva. A realidade muda muito de uma semana para outra. O Mata-larvas tem essa possibilidade de estar sempre à mão da população, com um mecanismo de ação que perdura por até dois meses após a aplicação”, acrescenta.

Braida reforça que a maioria dos produtos no mercado combatem o mosquito na fase adulta, enquanto o controle maior do problema é feito na fase larval. “O Ministério da Saúde aponta que cerca de 90% dos casos de dengue decorrem de pessoas picadas na própria residência ou em regiões muito próximas, daí a necessidade da população também fazer sua parte nas ações de combate. Com o Straik Mata-larvas, o consumidor tem uma ferramenta poderosa na mão.”

Vantagem em relação a soluções populares

Soluções caseiras, como colocar água sanitária em locais de água parada, funcionam no combate à dengue? Embora haja fundamento na alternativa, explica Milton Braida, o hipoclorito de sódio perde a função de 48 a 72 horas após a aplicação. O mesmo não ocorre com o Straik Mata-larvas, que continua liberando o princípio ativo contido nas microcápsulas, por 60 dias.

“Basta uma borrifada para cobrir um metro de superfície de água. Trabalhamos com superfície, porque a larva da dengue precisa respirar, então, ela fica a, no máximo, 10 ou 15 centímetros de profundidade”, detalha Braida.

Todos contra a Dengue

Na página da Dexter Latina no Facebook, há informações em tempo real dos locais que já receberam o produto. Para saber onde encontrar o Straik Mata-larvas, basta acessar: facebook.com/dexterlatina. No hotsite www.straikcontradengue.com.br, há informações detalhadas sobre mecanismo de ação e modo correto de uso do produto.

Responsabilidade ambiental

Pesquisa, tecnologia e responsabilidade ambiental estão no cerne da Dexter Latina. Além da capacitação de seus profissionais e do constante aprimoramento técnico na formulação dos produtos, a empresa preza pelo investimento em matérias-primas de primeira qualidade, sempre de olho nos requisitos normativos de agências reguladoras e na qualidade e eficiência do que coloca no mercado.

Nesse sentido, a preocupação com a preservação do meio ambiente baliza não só os processos produtivos como, também, a seleção de ingredientes não agressivos ao Planeta. A empresa substituiu completamente os derivados de petróleo de seus produtos por solventes à base de água e vegetais. A Dexter Latina também possui uma estação de tratamento de efluentes, devolvendo a água à natureza, sem riscos ao meio ambiente.

A Dexter Latina é a única empresa do segmento que utiliza o encapsulamento na maioria das formulações. Essa tecnologia permite a liberação prolongada do produto, aumentando o tempo de eficácia e diminuindo os danos ao ambiente.

Sobre a Dexter Latina

A Dexter Latina Indústria e Comércio de Produtos Químicos Ltda. atua no mercado de inseticidas desde 1996, quando lançou a isca atrativa Mosca Killer, por meio da primeira fábrica, no sudoeste do Paraná. Três anos mais tarde, a empresa se consolidou no mercado nacional, com o lançamento dos produtos da linha Straik. Os inseticidas à base de gel para o controle de baratas e formigas, com alta tecnologia e atratividade, foram a primeira isca do tipo no País. A grande aceitação do consumidor logo colocou a linha na liderança do mercado de inseticidas à base de gel.

Pela necessidade de aumentar a capacidade de produção para atender ao grande crescimento de participação no mercado, em janeiro de 2004, a Dexter Latina se muda para São José dos Pinhais, Região Metropolitana de Curitiba. Em 2009, a empresa inaugura a nova sede com 3,5 mil m² de extensão, situada no Distrito Industrial de São José dos Pinhais, ponto estratégico de logística.

Com uma ampla linha de produtos, rapidamente a empresa tornou-se uma referência nacional no segmento. Além da eficiência e rapidez na distribuição dos produtos no mercado nacional, a Dexter Latina se destaca nos princípios de desenvolvimento sustentável, com soluções no controle de moscas, baratas, formigas, ratos, cupins, mosquitos e pernilongos.

No ano passado, a empresa de São José dos Pinhais foi responsável por 1,4% do mercado de inseticidas – dominado por multinacionais –, com um faturamento de R$ 26 milhões. Os investimentos em novos produtos e estratégias, nos próximos três anos, pretendem dobrar esse valor até 2018.

 

Informações para a imprensa:
Savannah Ações em Comunicação
Assessoria de imprensa Dexter Latina: Bruna Komarchesqui
(41) 3035-5669 | 8874 4907 | jornalismopr@savannah.com.br
Coordenação Savannah: Jaqueline Gluck (41) 3035 5669 | 9602 7541