Dedetize você mesmo sua casa antes de usar ou alugar para temporada -

Dedetize você mesmo sua casa antes de usar ou alugar para temporada

Publicado em 8 de dezembro de 2019

 

Se você possui uma casa e deseja alugar para temporada, certamente sabe que alguns cuidados prévios precisam ser tomados. Eles envolvem tanto a estrutura interna do imóvel quanto a sua limpeza, que devem estar em dia para que possíveis eventualidades sejam evitadas.

 

Uma das situações que mais incomodam em casas de campo, praia, ou em locais mais afastados, é o grande número de insetos que circulam por essas regiões.

Não à toa, uma indicação constante para esses imóveis é a realização do processo de dedetização, que visa a eliminação desses bichos.

Desse modo, o incômodo constante causado por insetos é amenizado, garantindo que os hóspedes da casa fiquem mais tranquilos e desfrutem do local de maneira mais agradável.

Para realizar a dedetização da sua casa, você possui duas alternativas principais: agendar o procedimento com uma empresa do segmento ou realizar o processo por conta própria, que acaba sendo mais viável e muitas vezes até mais barato.

Para ajudá-lo, este artigo traz dicas de como você mesmo pode dedetizar a sua casa de maneira rápida e simples, garantindo proteção contra os insetos e possibilitando que o seu imóvel possa ser alugado para temporada sem dificuldades.

 

Como saber se é preciso realizar uma dedetização?

 

A existência de insetos em uma casa é bastante comum, desde que eles não sejam prejudiciais à saúde humana.

Conviver com esses pequenos bichos também faz parte do equilíbrio natural de um ambiente, principalmente quando você possui um imóvel no campo ou praia.

Contudo, é preciso ter cuidados com as espécies e com a quantidade deles. Afinal, uma infestação pode trazer doenças e causar uma série de dificuldades.

É muito comum vermos diferentes tipos de insetos no ambiente, sendo alguns deles:

  • Formigas;
  • Baratas;
  • Ratos;
  • Aranhas;
  • Mosquitos.

 

Se a quantidade desses bichinhos for considerada alta, você deve avaliar a necessidade de dedetizar a casa, garantindo a eliminação do incômodo causado por eles.

Geralmente, vemos pequenos orifícios na estrutura do imóvel ao afastar um pouco a persiana vertical pvc para o lado, ou ao levantar um tapete, principalmente nos cantos dos rodapés e atrás dos armários.

Isso porque, para depositar os seus ovos, esses insetos normalmente escolhem áreas mais escondidas, como modo de proteger a sua ninhada.

Por isso, se você perceber um grande número de insetos, de buracos nas superfícies da sua casa, ou um acúmulo de ovinhos em diferentes cômodos é recomendado que você realize a dedetização completa da sua casa.

Do mesmo modo, se perceber tais vestígios em locais específicos, como na sua caixa de entrada de energia, pode ser interessante contar com o serviço de especialistas. 

Como fazer a dedetização do imóvel?

É preciso lembrar que o processo de dedetização precisa ser feito com muito cuidado, já que ele utiliza inseticidas que podem ser prejudiciais à saúde.

Por isso, você deve utilizar uma máscara para aplicação, além de luvas e outros equipamentos que protejam a sua pele e mucosas do contato direto com esses elementos.

Além disso, você deve adquirir os produtos adequados para o tipo de infestação que houver na sua casa.

Assim, se você perceber um grande número de baratas, cupins, formigas ou aranhas, você pode optar pelo produto que elimina a proliferação da espécie identificada na sua casa ou até mesmo associar produtos que vão eliminar as pragas e já prevenir das demais garantindo maior eficácia na aplicação.

 

Depois, você deve realizar ações como:

1.Afastar os móveis e objetos das paredes, garantindo que o produto seja aplicado nos cantos de todos os cômodos.

2. Ler as instruções dos rótulos dos produtos que vai aplicar, seguindo todas as instruções para potencializar os resultados e garantir a sua segurança.

3. Aplicar o inseticida nos locais indicados, principalmente em ralos que estiverem visíveis. Desse modo, se houver ovos nesses locais, eles serão eliminados.

4. Depois de finalizar a aplicação dos produtos, você deve aguardar o tempo indicado pelo fabricante para retornar ao local. Essa etapa é de grande importância, já que previne intoxicações dos ocupantes da casa.

5. Também é indicado que você sinalize que está ocorrendo o processo de dedetização no imóvel, garantindo que outras pessoas não entrem no local antes do prazo estipulado. Isso pode ser feito com um aviso escrito e fixado na porta de entrada do imóvel.

6. Depois que o tempo de ação do produto for concluído, você deve entrar no imóvel e abrir as portas e janelas, de modo que a circulação do ar possa arejar os cômodos de maneira total.

Assim, o processo de dedetização estará concluído e sua casa estará livre da infestação de insetos.

 

Quais outros cuidados devo ter para evitar a infestação de insetos?

 

Após a dedetização, você pode aliar alguns procedimentos para conter a entrada e circulação dos insetos, melhorando o ambiente. Isso pode ser feito tanto com a instalação de telas para portas e janelas, quanto com tampas para ralos e encanamentos que não são usualmente utilizados.

Desse modo, além de evitar que algumas espécies se instalem na sua casa, você ainda consegue eliminar os ninhos, que são comuns em locais onde há abrigo, alimento e água.

 

Cuidados para ambientes internos.

Para proteger o ambiente interno, você pode optar por uma série de processos e melhorias, que vão proteger o espaço.

A higienização de sofá é um exemplo disso. Com o uso constante do móvel, é comum o acúmulo de sujeira e de alimentos, que pode gerar uma infestação de formigas, ácaros, baratas e até mesmo de ratos.

Por isso, além de aspirar o sofá constantemente, você deve fazer uma higienização periódica, que elimina as impurezas do estofado, garantindo a limpeza.

A limpeza de ar condicionado também é muito importante para evitar que alguns insetos se acomodem no aparelho, infectando o ar da residência.

Além disso, é importante trocar o filtro do equipamento com frequência, pois isso previne que vírus e bactérias fiquem circulando no seu ambiente.

Outro cuidado importante é no combate aos cupins. Se a sua casa possui piso, portas ou janelas de madeira, você deve investir na aplicação de cupinicidas e de outros produtos que impeçam a infestação desse inseto.

Se você efetuou a restauração de piso de madeira recentemente, isso é ainda mais indicado. 

Desse modo você garante a proteção do material, além de promover uma superfície muito mais bonita.

Ainda em relação às casas de campo, ou até mesmo em regiões litorâneas, é muito comum que ocorra a entrada de mosquitos e pernilongos no imóvel.

A indicação, nesse caso, é investir em telas mosquiteiras, que devem ser colocadas nas janelas de todos os cômodos, e repelentes elétricos e de pele.

A instalação da tela pode ser feita mesmo em janelas que possuam rede de proteção animal, já que é comum que os proprietários invistam nesta proteção extra em suas casas de aluguel para temporada, garantindo a segurança das crianças e dos pets nos imóveis.

 

Cuidados para ambientes externos.

Os ambientes externos também são locais que acomodam ninhos de insetos e, por isso, é necessário tomar alguns cuidados para evitar que os focos desses bichos estejam fora do seu terreno.

Se você possui uma piscina no imóvel, é preciso eliminar qualquer condição que possa ter acúmulo de água, inclusive fazer o tratamento adequado da piscina ou utilizar larvicida, evitando assim, a proliferação do mosquito da dengue, por exemplo.

Por isso, se você investiu recentemente na iluminação para piscina da sua casa, é preciso calafetar a área, impedindo que surjam infestações nos orifícios da instalação.

Além disso, se você identificar que a superfície do local pode acumular água, é preciso nivelar esses espaços, tornando a área mais segura.

Algumas casas de temporada também podem disponibilizar uma área mais verde no seu terreno, tal como uma pequena horta, quadras esportivas e jardins bem decorados.

Se esse for o cenário da sua casa, você deve avaliar as diferentes regiões para eliminar qualquer possível foco de insetos.

Na instalação de um sombrite para horta, por exemplo, você pode aplicar um produto em torno das hastes do item para que nenhum tipo de inseto deposite os seus ovos ali, desenvolvendo uma infestação na área.

Isso porque alguns bichos podem prejudicar a sua plantação, impedindo que as mudas de legumes e de outras hortaliças se desenvolvam adequadamente.

Por isso, você deve investir na aplicação de produtos que impeçam a proliferação de insetos na horta, provendo um ambiente bem cuidado e garantindo que as suas plantas cresçam e deem frutos.

 

Satisfação dos locatários.

Se você é um proprietário que cuida adequadamente do seu imóvel, oferecendo uma casa para locação por temporada com uma estrutura completa e tranquila, certamente você terá clientes satisfeitos.

Isso porque os locatários buscam por locais em que possam usufruir do ambiente sem precisar se preocupar com a manutenção do espaço, de modo que possam curtir a sua estadia com seus amigos e familiares sem grandes problemas.

Por isso, se a sua casa oferece um ambiente confortável, bem equipado e com sua estrutura livre de insetos, certamente ela será a preferência entre os seus clientes.

Com as dicas oferecidas nesta postagem, você pode realizar a dedetização da sua casa de temporada de maneira simples e segura, garantindo que o imóvel seja um lugar tranquilo e livre de pragas.

 


Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.


Open chat
Powered by